20 de maio de 2021

Tesouro Direto: é seguro investir?

Em busca de melhor rentabilidade e diversificação, muitos investidores encontram nos produtos de renda fixa alternativas vantajosas, como os títulos públicos. Porém, será que o Tesouro Direto é seguro? Saiba mais a seguir.

O que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um ativo de renda fixa que alia rentabilidade e segurança, sendo uma das primeiras opções para quem deseja sair da poupança. Os títulos públicos são emitidos pelo Tesouro Nacional, responsável por permitir as compras por pessoas físicas, que se tornam credoras do financiamento da dívida pública.

Como funciona o Tesouro Direto?

Quando as pessoas questionam se o Tesouro Direto é seguro, é importante entender como esse tipo de investimento funciona, primeiramente.

Ao adquirir um título público, você fornece capital para financiar dívidas do Governo. Dessa forma, na data de vencimento do produto, você receberá sua remuneração através do acréscimo de juros.

Taxas e valor mínimo

O Tesouro Direto tem valor mínimo de R$ 30, desde que essa quantia não seja inferior a 1% do valor de um título. Sendo assim, é possível investir nessa modalidade mesmo com pouco dinheiro. Em relação às taxas, os seguintes tributos são considerados:

  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): incide sobre os rendimentos apenas nos primeiros 30 dias após a aplicação. Então, se você realizar qualquer resgate dentro desse período, o imposto será cobrado.
  • Taxa de custódia: é cobrada semestralmente pela Bolsa de Valores, no total de 0,25% ao ano.

Rentabilidade

A rentabilidade do Tesouro Direto pode ser prefixada ou pós-fixada, a variar de acordo com o título. No primeiro caso, o retorno é informado no momento da compra e se mantém até a data de vencimento. Já na segunda modalidade, a rentabilidade é calculada com base em um indexador da economia, como os atrelados à Selic e ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

De qualquer forma, essa informação deve ser monitorada constantemente. Se preferir, o investidor também pode realizar a simulação da aplicação antes de concluir a compra do título público, para prever o retorno.

Liquidez

Uma das principais vantagens do Tesouro Direto é a sua liquidez diária. Isso significa que você pode transformar os seus títulos públicos em dinheiro, porém, a rentabilidade só é garantida à data de vencimento.

Tributação

A tributação cobrada pelo Imposto de Renda (IR) incide sobre o Tesouro Direto de forma regressiva. Ou seja, quanto maior o tempo de investimento, menor será a alíquota:

  • aplicações de até 180 dias: 22,5%;
  • aplicações entre 181 e 360 dias: 20%;
  • aplicações entre 361 e 720 dias: 17,5%;
  • aplicações maiores do que 721 dias: 15%.

Horário de funcionamento

As aplicações e os resgates no Tesouro Direto podem ser feitos apenas nos dias úteis, em horário comercial, das 9h30 às 18h00. Durante finais de semana ou feriados, os preços e as taxas exibidos na plataforma são apenas para referência.

Vencimento e resgate

A data de vencimento do Tesouro Direto é a principal garantia de rentabilidade para o investidor. Nesse sentido, o retorno prometido por um título prefixado ou previsto por um produto pós-fixado só é garantido caso você resgate o seu investimento no vencimento.

Entretanto, é possível fazer isso a qualquer momento. A única ressalva é que haverá incidência de IOF se o resgate for feito nos primeiros 30 dias após a aplicação, além da alíquota referente ao Imposto de Renda.

O Tesouro Direto é seguro?

Apesar de qualquer crise econômica, o Tesouro Direto é seguro. Afinal, há menos possibilidade de o Governo quebrar do que uma instituição financeira privada, como um banco. Contudo, é necessário lembrar que não há investimentos 100% seguros.

Portanto, para garantir o retorno esperado e não se deparar com surpresas desagradáveis, os produtos devem ser escolhidos de acordo com os seus objetivos. E a boa notícia é que, entre os ativos financeiros disponíveis no mercado, o Tesouro Direto é a opção que menos oferece riscos, principalmente quando comparado à renda variável.

Muitos se preocupam com o Tesouro Direto por conta das suspensões de negociações na plataforma, que costumam ocorrer com frequência em meio a cenários adversos. Porém, isso é apenas uma estratégia para garantir que as operações sejam realizadas a preços e taxas justas, de acordo com a Secretaria do Tesouro Nacional.

Investir não precisa ser complicado, mas é comum que surjam muitas dúvidas nessa jornada. Para continuar aplicando o seu dinheiro de forma estratégica e preservar o seu capital no longo prazo, conte com quem realmente entende do assunto.

A Mérito Investimentos é especialista na gestão de ativos imobiliários. Com mais de 10 anos de experiência no setor, oferece produtos financeiros diferenciados e completamente alinhados com os seus objetivos.

Voltar