10 de fevereiro de 2021

Como diversificar investimentos com FIIs?

Para começar a investir com segurança e maior garantia de retorno financeiro, é importante entender a importância da diversificação. Saiba como diversificar investimentos com FIIs para aumentar ganhos e evitar ao máximo qualquer perda.

A importância de diversificar seus investimentos

Investir, principalmente para quem é iniciante no ramo, pode parecer desafiador. Afinal, certos conhecimentos são exigidos para tomar as melhores decisões. Conhecer as diferentes modalidades de investimento, assim como as taxas e liquidez praticadas nas aplicações, traz mais autonomia para você investir.

Porém, para ver o seu dinheiro aplicado render, não basta apenas acumulá-lo em um tipo de investimento. Além de ser mais arriscado, isso impede o investidor de alcançar resultados consistentes com sua carteira.

Por isso, alocar o valor total do patrimônio em diferentes produtos de renda fixa e renda variável é uma estratégia eficiente para minimizar os riscos. Da mesma forma, diversificar investimentos também contribui para o aumento da rentabilidade de sua carteira.

Independente do perfil, a diversificação traz inúmeros benefícios para o investidor e evita que ele fique à disposição das condições de um único produto do mercado imobiliário.

Como diversificar investimentos?

Não há regra para a diversificação da carteira, pois isso depende dos objetivos de cada investidor. Entretanto, é recomendável associar produtos de alta rentabilidade com outros que apresentam boa liquidez. Igualmente, ter uma reserva de emergência que pode ser resgatada a qualquer momento é uma escolha sábia, caso ocorra qualquer imprevisto.

Ter metas baseadas em objetivos de curto, médio e longo prazo contribuem para escolhas mais estratégicas. Depois de traçar metas, você pode descobrir o seu perfil de investidor e assim escolher os melhores produtos financeiros. Conheça mais a seguir:

  • perfil conservador: é o investidor que busca a preservação do capital, com baixa tolerância a riscos. De qualquer forma, esse perfil pode se beneficiar da diversificação com foco na liquidez, para resgatar seus investimentos a curto prazo;
  • perfil moderado: nesse caso, o investidor está mais disposto a investir a correr riscos, quando há possibilidade de retorno diferenciado a médio prazo. Porém, ainda se mostra resistente à possibilidade de perder qualquer parte do capital investido;
  • perfil agressivo: o investidor agressivo caracteriza-se pela alta tolerância a riscos. Esse perfil está disposto a driblar as oscilações do mercado financeiro e lidar com possíveis perdas, em nome de retorno a longo prazo.

Por conta da volatilidade do setor, saber combinar investimentos é necessário para garantir rentabilidade e segurança. A boa notícia é que os três perfis podem agregar fundos de investimento imobiliário às suas carteiras.

Por que vale a pena investir em fundos de investimento imobiliário?

Quem quer investir no setor imobiliário, sem necessariamente comprar um imóvel, encontra nos FIIs uma opção segura e de alta rentabilidade. Existem diversos tipos de fundos imobiliários, divididos basicamente em fundos de tijolo e fundos de papel.

Se você está se perguntando por que vale a pena investir em FIIs, saiba primeiramente que o processo ocorre de forma menos burocrática que a compra de um imóvel. Isso porque o valor total de um patrimônio — dividido em cotas para um grupo de pessoas — é administrado por um gestor.

Outra vantagem é a possibilidade de investir online, diretamente com a sua corretora de confiança. Os rendimentos dos FIIs podem ocorrer tanto pela renda mensal obtida com aluguéis como pelos juros provenientes de recebíveis imobiliários.

Além disso, há isenção de Imposto de Renda sobre os rendimentos para pessoas físicas.

Como investir em FIIs

O primeiro passo para investir em FIIs é encontrar uma corretora de valores com experiência na gestão de ativos imobiliários. Após o cadastro, você deve escolher o fundo imobiliário e enviar a ordem para a corretora, que posteriormente irá aprovar a compra de cotas.

É importante ressaltar que esse tipo de investimento traz mais riscos que a poupança ou Tesouro Direto, por exemplo. Diversificar a carteira de investimentos contribui para diminuir os riscos, mas lembre-se de avaliar as diretrizes e estudar os dados do FII desejado.

Para investir sem medo, conte com quem é especialista em encontrar o investimento mais adequado ao seu perfil. A Mérito Investimentos tem mais de 10 anos de experiência com ativos imobiliários.

Quer saber mais? Entre em contato conosco e descubra como podemos te ajudar a traçar estratégias para diversificar sua carteira de investimentos.

Voltar