25 de maio de 2021

Investimento ESG: o que é e como funcionam os fundos verdes

Nos últimos anos, a sustentabilidade deixou de ser uma simples tendência para se tornar uma preocupação de grandes empresas. Nesse sentido, cada vez mais consumidores têm valorizado as iniciativas no ramo, e isso inclui o setor de investimentos. A seguir, saiba o que é um investimento ESG e como ele funciona.

O que é investimento ESG?

Antes de mais nada, é interessante conhecer o significado da sigla EGS: Environmental, Social and Governance. Ou seja, um investimento ESG faz referência aos fundos que investem em empresas com critérios ambientais, sociais e de governança aplicados em suas práticas. Em outras palavras, qualquer negócio que promova sustentabilidade empresarial. Por esse motivo, eles também podem ser chamados de fundos verdes.

Esse tipo de produto financeiro funciona exatamente como qualquer outro fundo. Então, a alocação de recursos dos cotistas será voltada para organizações que obedeçam aos critérios descritos acima.

Como surgiram os fundos verdes?

Os investimentos ESG surgiram por volta da década de 1970, uma época em que a sustentabilidade ainda não era um assunto urgente. Basicamente, alguns investidores passaram a direcionar seus recursos de acordo com seus princípios, gerando fundos que seguissem algumas regras, como não realizar alocações em empresas que participassem de sanções comerciais.

Entretanto, foi em 2007 que surgiram os primeiros investimentos verdes – títulos emitidos que prometem realizar melhorias socioambientais com suporte dos aportes. Em muitos casos, os títulos costumam ser debêntures.

Quais são as características do fundo ESG?

O fundo ESG tem como foco o interesse coletivo de investir, assim como acontece em qualquer outro fundo de investimento. Portanto, os cotistas tornam-se donos de uma parcela do patrimônio e os valores são administrados por um gestor profissional.

No entanto, como os investimentos ESG precisam se guiar por alguns critérios, alguns pontos merecem atenção. Confira e aproveite para conhecer as 3 principais características desse produto financeiro.

1. Os negócios devem cumprir algum dos requisitos

As empresas são escolhidas pelo gestor do fundo, responsável por fazer uma análise completa dos planos de ação, das projeções futuras e dos balanços internos. Para um negócio receber os aportes de um investimento ESG, ele precisa estar enquadrado em pelo menos um dos requisitos definidos pela sigla:

  • requisitos ambientais: levam em conta os impactos causados no meio ambiente pela empresa e a forma com que ela desempenha a gestão de resíduos e recursos, através da reciclagem, por exemplo;
  • requisitos sociais: algumas iniciativas e práticas que fazem parte desse critério incluem remuneração justa, inclusão social e respeito à diversidade;
  • requisitos de governança: aqui, é avaliado o desempenho da empresa em relação a valores como transparência, responsabilidade corporativa, entre outros.

2. ESG traz grande rentabilidade para empresas

Ao contrário do que algumas pessoas podem imaginar, a sustentabilidade e outros princípios socioculturais geram cada vez mais potencial de retorno, tanto para investidores quanto para as empresas beneficiadas pelos aportes.

Isso significa que além de contribuir com empresas que seguem princípios éticos, investir em ESG traz uma rentabilidade vantajosa.

3. Menor risco para o investidor

Para um ativo de renda variável, o investimento ESG traz a vantagem de apresentar menor volatilidade e, consequentemente, menor risco para o investidor. Isso ocorre pelo fato das empresas sustentáveis estarem menos predispostas a sofrerem ações ou perdas motivadas pelo descumprimento das regras nos pilares citados.

Saiba como diversificar a carteira e alcançar resultados consistentes com a Mérito.

Como realizar um investimento ESG?

Para investir em fundos verdes, é importante estudá-los para definir se eles são de fato uma alternativa adequada ao seu perfil de investidor e seus objetivos. Além disso, contar com uma equipe especializada contribui para que seu capital seja preservado no longo prazo.

Escolher um investimento ESG vai além de uma simples decisão para o seu futuro financeiro e demonstra também a sua disposição em construir um mundo melhor. Aproveite a oportunidade e aprenda mais sobre o mercado financeiro para potencializar seus resultados.

Voltar